Como gerenciar o seu armazém de maneira mais eficiente

Como funcionam as rotinas de controle e organização do armazém? Confira em detalhes os procedimentos da logística de um armazém.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Entenda parte das rotinas de controle e organização do armazém

 Você já conhece as rotinas de controle e organização do armazém de uma empresa de transportes? 

Esses armazéns servem para estocar produtos, mas sua principal função é ser uma estrutura de organização coerente para facilitar a movimentação e distribuição de cargas. Importante lembrar que o processo começa na entrada do produto, seja recebida dos fornecedores ou de centros de fabricação, e vai até à saída do produto do armazém.

Já adiantando um fato: para facilitar o fluxo dessas operações, é necessário um sistema de gerenciamento de armazéns para conseguir dar conta dessa responsabilidade.

O que é a gestão de armazéns?

A gestão de armazém é a parte da logística que cuida justamente de todas as movimentações relacionadas com a armazenagem de matéria-prima ou mercadorias prontas.

Ou seja, ela serve tanto para auxiliar fábricas quanto distribuir ao consumidor final.

Através de um sistema de gerenciamento WMS), é possível agilizar o fluxo de informações e tornar todo o procedimento mais prático. Inclusive, reduzindo custos e tempo de entrega!

Quais são as funções específicas na gestão de armazém?

As funções podem variar entre uma empresa e outra, mas, geralmente, elas incluem:

  • Recebimento dos produtos;
  • Verificação dos produtos e controle de qualidade imediato;
  • Controle e registro dos produtos armazenados;
  • Transporte interno, nas diferentes zonas do armazém;
  • Armazenagem;
  • Preparação de pedidos;
  • Consolidação das cargas;
  • Expedição da mercadoria.

Confira um pouco mais sobre as principais atividades:

Recebimento dos produtos

O recebimento dos produtos é a primeira etapa de uma gestão de armazéns, é quando ela efetivamente começa. Inclusive, a análise dos recebimentos é um passo inicial para entender o espaço de armazém que a sua empresa precisa.

Da mesma maneira, é uma parte importante para entender o tipo de equipamento e embalagem necessários.

Na verdade, a empresa deve estar sempre pronta para receber e alojar qualquer tipo de produto, agir rapidamente é uma das partes mais importantes no transporte e logística hoje.

Verificação dos produtos e controle de qualidade imediato

A verificação dos produtos deve ser realizada assim que eles chegam ao armazém. Esta é a maneira de controlar tanto a qualidade da embalagem quanto do produto em si. Assim, identificando a necessidade de pontos de melhorias (e quais seriam estas).

Controle e inventário

É essencial que o inventário seja feito de acordo com um método rigoroso de controle, informando as entradas e saídas assim que elas acontecem. Principalmente a saída de uma mercadoria do armazém deve ser contabilizada no momento, pois é por meio desta informação que novos produtos poderão chegar e ocupar aquele espaço.

Registrar em um sistema para rotinas de controle e organização do armazém é a melhor alternativa. Assim, você deve ter um (ou mais) responsáveis que estarão sempre em contato com esses dados e verificando se estão corretos.

O que é controle de armazenagem?

Este vai desde o recebimento de produtos até a consolidação e saída deles do armazém. Todo o fluxo de materiais ali dentro deve ser observado e analisado a fim de serem encontradas as melhores movimentações em armazém.

Ou seja, para tornar possível realizar um processo rápido, prático e sem erros e/ou perdas de produto no caminho. 

Hoje, inclusive, há uma parte do controle na logística de armazém que muitas empresas ainda negligenciam: a coleta e análise de dados através da tecnologia. Ela é essencial para entender cada detalhe do processo e conseguir otimizar a operação de maneira realmente efetiva.

Como gerenciar o seu armazém?

O seu sistema de movimentação de materiais deve ter processos bem definidos, mas, mais que isso, deve estar claro para todos os envolvidos na operação! Afinal, é preciso ter padronização para que tudo ocorra sem problemas.

Qualquer erro neste gerenciamento pode gerar consequências mais graves, como a paralisação de atividades naquele armazém, atraso nas entregas ou mesmo a perda de mercadorias. Todas, é claro, atreladas aos prejuízos financeiros.

Portanto, o que fazer para ter uma boa logística de armazenagem?

1. Processos bem definidos

As rotinas de controle e organização do armazém começam justamente ao definir estas: as rotinas! Por isso, a tecnologia dos dados é uma grande amiga dos gestores de armazém. Com ela, entende-se tudo o que acontece e pode-se esclarecer quais são os processos diários, semanais, e assim por diante, para explicar à toda a equipe.

Ainda mais, é com essa padronização e sistematização que as maiores falhas e problemas são encontrados e resolvidos com real eficiência.

2. Dinâmica linha reta no armazém

A linha reta é uma forma de organização do armazém que se assemelha com uma linha de produção. Cada “parte” dessa linha é dedicada para algum processo — entrada, estoque, embalagem, etc., até a saída do produto do armazém.

Para que isto realmente funcione, é necessário ter um layout de acordo com a ordem e priorização dos processos. O sucesso dessa estratégia vem da facilidade que ela traz ao procedimento.

3. Treinamento de equipe

Como em qualquer empresa, a equipe é grande parte do que define as operações e processos desta. Então, todos os envolvidos devem saber quais são suas tarefas e a importância de realizarem elas com precisão, cuidado e atenção.

Além de treinar os funcionários em suas tarefas, certifique-se de também instruí-los no uso dos sistemas e ferramentas tecnológicas. Os registro realizados neles são importantes para a sua gestão de armazém se tornar cada vez melhor.

Dito isto, não podemos deixar de falar sobre um último item que pode transformar as rotinas de controle e organização do seu armazém:

4. Tecnologia logística

Já são muitos os softwares para facilitar a gestão da cadeia de suprimentos, alguns bastante completos, outros focados em atividades específicas — como a própria gestão de armazém. Procure aqueles que mais se encaixam nas necessidades da sua transportadora de soluções em logística e comece a usá-los.

Quem pode te ajudar na armazenagem logística?

Para isso, a Avilan Transportes está aqui!

Com mais de 30 anos no mercado e focando em ser uma empresa de soluções logísticas, além de lidar com o transporte de cargas, a logística de armazém já é um de nossos principais serviços.

Entre em contato para receber uma proposta personalizada ao seu negócio!